sexta-feira, 1 de abril de 2011

NEM TÃO IGUAIS!

Situação complicada criada pelo governo Marcos Coelho na tentativa de dar ânimo aos seus servidores, que estão sem aumento há anos e muito menos sem reposição das perdas salariais provocadas pela inflação. Segundo a Imprensa local, todos os funcionários públicos deverão receber em maio um aumento de 5%. Menos os médicos do Programa de Saúde da Família que terão um reajuste quatro vezes maior: 20%. A notícia abateu os ânimos dos demais funcionários que não cursaram medicina e causou certos descontentamentos. Profissionais de nível superior principalmente se sentiram desprestigiados pela administração pelo tratamento diferenciado. Hoje, com a escassez de médicos, as administrações municipais de todo o país têm procurado pagar salários mais atrativos para os profissionais médicos em detrimento de outras carreiras da mesma área. Concluindo: nem todos são iguais perante a lei.

Um comentário:

  1. Alessandre Campos1 de abril de 2011 16:25

    Só de médicos, parentes e bajuladores se faz a administração pública no Novo Modelo de Administração.

    ResponderExcluir